Fazer dar certo um empreendimento com uma marca que já está consolidada é bem mais fácil do que começar uma empresa do zero. Ao optar por abrir uma franquia, você conta com um modelo de negócio mais seguro, com mais chances de obter um bom retorno do seu investimento.

Mas existem alguns cuidados essenciais a serem tomados antes de fechar negócio com a franqueadora de sua escolha. Abaixo, listamos 3 pontos de atenção para que o seu sonho de empreender se torne uma realidade e não uma dor de cabeça. Confira!

1. Ter afinidade com o setor é essencial para abrir uma franquia

Para buscar uma franquia ideal, é importante filtrar os segmentos de acordo com a sua experiência e preferências. Evite optar por uma franquia só porque ela está entre as tendências do mercado. A escolha certa para o empreendedor deve gerar afinidade com o setor.

Além de pensar nos pontos positivos, também é indicado analisar os pontos negativos que envolvem a atuação em determinado mercado. Caso você queira abrir uma franquia no ramo de restaurante, por exemplo, leve em consideração o fato de ter de abrir mão do seu tempo livre aos sábados e domingos.

2. Verificar a documentação da franqueadora

Para ser aprovado como franqueado, o empreendedor deve fornecer vários documentos a fim de comprovar que tem o capital necessário para comprar e administrar uma franquia. Por outro lado, a franqueadora também precisa dar aos seus franqueados a garantia de viabilizar o plano de negócios, com dados a respeito da sua saúde financeira que comprovem a capacidade da empresa em gerenciar a rede.

Por lei, a franqueadora é obrigada a disponibilizar seus dois últimos balanços em conjunto com a Circular de Oferta de Franquia. A COF é um documento utilizado para munir o potencial franqueado de todas as informações referentes aos aspectos financeiros e jurídicos da rede.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Além disso, o investidor que estiver interessado em abrir uma franquia também deve avaliar se a franqueadora está em dia com as suas obrigações fiscais e tributárias. Procure verificar as certidões negativas federal, estadual e municipal de onde está localizada a sede da rede de franquias.

3. Ter capital

Você precisa ter o dinheiro necessário para iniciar e manter a franquia operando até ela começar a dar lucro. Ao abrir uma franquia, sempre existe o risco de acabar gastando mais do que você planejou.

Por isso, é imprescindível que você inclua no seu cálculo da capacidade de investimento:

  • a quantia do investimento inicial informado pela franqueadora;
  • o prazo estimado para atingir o ponto de equilíbrio operacional;
  • o capital de giro necessário para a franquia arcar com as despesas da sua operação;
  • uma reserva de capital para pagar suas despesas pessoais até que possa ter um pró-labore sem descapitalizar sua empresa.

Neste post, você conheceu 3 cuidados essenciais que todo empreendedor deve ter antes de abrir uma franquia. Ao optar por atuar em um setor que você realmente goste, sua paixão pelo mercado será o motor do sucesso da sua empresa. Por outro lado, você precisa se resguardar em todas as questões burocráticas que envolvem suas finanças e as da franqueadora também.

Quer empreender no setor que teve crescimento recorde nos últimos anos, com baixo investimento e diversos modelos de negócios? Entre em contato com a Solarprime agora mesmo! E não deixe também de se inscrever em nosso canal no YouTube, assim você não perderá nenhuma novidade.

Comments

comments