É bem normal que as pessoas tenham o hábito de esquecer a televisão, o carregador de notebook e celular, o micro-ondas, o videogame e outros eletrônicos conectados ao plugue. Isso acontece por uma questão de costume e praticidade, pois é muito mais fácil já ter esses equipamentos conectados quando vamos usá-los. Mas será que deixar aparelhos na tomada gasta energia?

Essa é a dúvida de muita gente. Afinal, vivemos em um país que sofre constantes aumentos na tarifa de eletricidade. Então, saber o que fazer para economizar energia elétrica faz toda a diferença no orçamento doméstico ao final do mês.

Quer saber mais sobre esse assunto e esclarecer as suas dúvidas? Leia e informe-se!

Quanto sua conta de luz pode subir se você deixar aparelhos ligados na tomada?

Um carregador consome, em média, 0,26 watt quando não está sendo utilizado. No entanto, pode consumir de 1 a 5 watts até mesmo no caso do equipamento estar carregado. Esse consumo, isoladamente, não significa um grande aumento na sua conta de luz. Só que, se adicionarmos vários outros eletrônicos, a somatória de tudo isso representa um grande desperdício energético.

Para você ter uma ideia, esse gasto pode ser responsável por 10% ou mais do custo da sua fatura de luz mensal. Se considerarmos a média de 3,5 watts por equipamento, sendo que você e sua família deixam 10 eletrônicos conectados à tomada todos os dias do mês, serão desperdiçados 0,84 kWh por dia, ou o equivalente a 25 kWh todos os meses.

Por exemplo, o valor da energia elétrica cobrado pela Enel, concessionária que atende o município de São Paulo, no mês de outubro de 2019, foi de R$1,34 por kWh, já com os impostos e a sobretaxa da bandeira tarifária vermelha somados. Se fizermos um cálculo simples, a conta resultará em R$33,50 reais por mês ou R$402,00 por ano.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Quais os cuidados a serem tomados?

Se você quer economizar na sua conta de luz, existem algumas boas práticas simples e eficientes que farão toda a diferença no quanto você gastará no final do mês. Seu aparelho de televisão, por exemplo, gasta mais energia ligado do que desligado, pois a tela é a grande vilã do consumo energético. A luz que fica acesa quando ele não está em funcionamento tem pouca representatividade na fatura de eletricidade, mas se você for viajar, por exemplo, vale a pena tirá-la da tomada.

Já os computadores têm dois modos para situações nas quais não estão sendo usados: um deles suspende a atividade e o outro desliga o equipamento. O que apenas faz a suspensão do eletrônico continua gastando energia, pois, apesar de a tela estar desligada, a CPU segue em funcionamento. Então, o melhor é sempre desligá-lo completamente e desconectar o carregador do plugue.

De maneira geral, é bem fácil saber se um aparelho consome muita energia ou não. Basta prestar atenção ao calor que ele produz. Qualquer equipamento que gasta muita energia, fica quente, como o carregador, a televisão, a geladeira etc. Esses são os itens que você deve ter maior atenção.

Como você viu neste post, algumas mudanças simples nos seus costumes diários podem diminuir o seu consumo energético e, consequentemente, o seu gasto com eletricidade no final do mês. A primeira atitude é ter consciência de que deixar aparelhos na tomada gasta energia. Evitar isso fará com que você economize dinheiro e impeça o desperdício.

Gostou do artigo? Continue adquirindo conhecimento com mais este post: “Aparelhos domésticos que mais consomem energia: saiba quais são“.

Comments

comments