O uso da energia solar vem crescendo cada vez mais no Brasil, devido à busca por fontes energéticas limpas e a grande capacidade solar existente no país. E dentre suas formas de uso existe a térmica, realizada pelo coletor de energia solar, que faz parte de um sistema de aquecimento.

Neste post, vamos abordar mais detalhes sobre o coletor solar e seus cuidados antes, durante e depois da instalação. Quer saber mais? Então continue a leitura!

Como funciona o coletor de energia solar?

Como comentamos, o coletor solar faz parte de um sistema de aquecimento. Esse sistema serve para aquecer e armazenar diversos tipos de líquidos e fluidos, principalmente a água. Tanto para chuveiros e piscinas quanto para óleos de motores industriais, por exemplo.

O coletor é a parte mais importante: sem ele não há como captar a incidência solar. Ele é composto por uma caixa termicamente isolada (geralmente coberta por vidro), placas metálicas chamadas de aletas e tubos, também metálicos, por onde passa o líquido que será aquecido.

A luz do sol passa pelo vidro e é absorvida pelas aletas. Em seguida, elas transmitem calor aos tubos que, por sua vez, esquentam o líquido ou fluido desejado.

Qual sua capacidade de funcionamento?

Na hora de escolher o coletor solar mais adequado para sua finalidade é preciso prestar atenção em sua capacidade de aquecimento e armazenamento. Por exemplo, se optar pelo uso do coletor no aquecimento da água do chuveiro, é importante verificar qual o consumo da casa, quantos chuveiros existem, qual clima da cidade etc.

De forma semelhante, no caso do uso industrial, certamente será necessária uma capacidade de armazenamento muito maior do que referente a um ambiente residencial. Sem a capacidade adequada, seu funcionamento será cada vez menos eficiente.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Existe uma inclinação adequada para sua instalação?

No momento da instalação é necessário estudar o ambiente para o devido funcionamento do coletor. Em qual período do dia o Sol bate no local? Existe interferência de prédios vizinhos? Há algum tipo de sombreamento externo? Entre outras questões.

Tendo em vista as particularidades do ambiente, é hora de montar o projeto do sistema de aquecimento, moldando exclusivamente para cada caso. Isso é muito importante, pois dependendo da inclinação do coletor, sua eficácia pode ser reduzida.

Quanto tempo de vida útil tem o coletor solar?

O tempo de vida do seu coletor pode variar bastante, dependendo de uma série de fatores. Depende de para qual finalidade será utilizado, o quanto ele será usado, se sua capacidade está adequada, entre outros.

Geralmente, ele pode durar entre 10 e 20 anos. Esse tempo, é claro, pode variar ainda mais de acordo com sua manutenção. Cuidados simples, como a limpeza semestral, pode não somente prolongar a vida útil como é capaz de melhorar sua capacidade de absorção solar.

Como visto, o coletor de energia solar é parte fundamental de um sistema de aquecimento. Portanto, tomar cuidados em relação a sua instalação e manutenção é essencial para seu bom funcionamento.

Gostou de saber mais sobre o coletor solar e suas particularidades? Então nos siga em nosso Facebook, Instagram e LinkedIn!

Comments

comments