O potencial de crescimento do mercado de geração de energia solar no Brasil é grande. Até o início de 2018, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o setor tinha 20.897 sistemas fotovoltaicos instalados em território nacional. 

A previsão de crescimento é ainda mais otimista: devem haver cerca de 887 mil sistemas do tipo instalados no país até 2024, e acordo com estimativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Neste post, mostramos qual o cenário para esse mercado promissor. Quer saber mais sobre esse assunto? Continue com a gente e confira a seguir!

Como anda a geração de energia solar no Brasil?

A geração de energia solar no Brasil cresce a passos largos. Isso acontece graças aos benefícios que esse tipo de energia oferece. Entre as vantagens econômicas, está o fato de tanto residências como estabelecimentos comerciais terem a possibilidade de produzir sua própria energia.

Isso permite que elas reduzam praticamente a zero sua conta com a distribuidora e tenham de pagar somente a taxa mínima cobrada. Além disso, existem os benefícios ambientais. A energia solar é considerada uma energia limpa, totalmente renovável, infinita e livre de poluição. Isso significa que esse tipo de energia ajuda a combater as mudanças climáticas que afetam todo o planeta. 

Por que ela tem se tornado popular no Brasil?

O fato de o Brasil produzir mais da metade de sua energia por meio de hidrelétricas fez que se pensassem em maneiras de incentivar a produção de energia solar. Um dos motivos é a baixa no nível dos reservatórios que se torna crítica com o passar dos anos. Veja, a seguir, alguns dos motivos da popularização desse mercado no Brasil.

Demanda crescente

A procura pela instalação de sistemas de geração de energia solar fotovoltaica cresce no Brasil especialmente entre os consumidores residenciais. São eles que mais buscam esse tipo de produção de energia, mas ela também já é usada em comércios e indústrias em todo o país.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Disponibilidade de luz solar

O Brasil é considerado um dos países que mais recebe irradiação solar no mundo. Além disso, apresenta baixa variação da incidência do sol ao longo do ano. Isso acontece porque o país está próximo à linha do Equador, no chamado cinturão solar.

Incentivos legais

O Governo criou o Programa de Desenvolvimento da Geração Distribuída de Energia Elétrica (ProGD), que incentiva a produção de energia solar no Brasil. O objetivo do programa é criar e expandir linhas de crédito e financiamento de projetos para instalação de sistemas de geração de energia solar fotovoltaica. 

Além disso, a Aneel regulamenta a microgeração residencial. Ela permite que o consumidor produza sua energia e obtenha créditos de energia ao enviar o excedente para a rede de distribuição. Esses créditos podem ser descontados em ocasiões em que a casa consuma mais energia do que produziu. 

O setor de geração de energia solar no Brasil apresenta, portanto, ótimas perspectivas de crescimento, mesmo em meio a um cenário econômico desafiador. Vale, então, se informar melhor sobre ele.

Quer saber mais sobre esse mercado? Siga-nos no Facebook e no Instagram para saber sobre nossas novas publicações sempre em primeira mão!

Comments

comments