A busca de alternativas para economizar energia elétrica é uma atitude consciente. Além de causar uma grande diferença no orçamento mensal, ela também colabora para um mundo mais sustentável. Que tal colocar essa visão em prática e descobrir quais são os aparelhos que gastam menos energia? 

Para identificá-los, não há segredo: nas embalagens dos equipamentos, basta analisar os selos do Programa Nacional de Conservação da Energia Elétrica (Procel), que servem para indicar a quantidade de energia gasta por cada produto elétrico. 

Sabendo disso, você pode deixar de lado aqueles itens que apresentam maior consumo. Para conferir mais sobre o assunto, continue acompanhando o nosso post e anote todas as dicas. 

Itens e aparelhos que gastam menos energia: quais são eles?

Para ter uma boa economia no fim do mês, opte por aparelhos que tenham menor consumo de energia e evite o uso frequente dos demais. Confira:

Lâmpadas de LED 

O uso das lâmpadas de LED se popularizou bastante nos últimos anos, em substituição a versões tradicionais, como as fluorescentes e incandescentes. 

Mas afinal, por que o LED é mais vantajoso? Explicamos: as novas lâmpadas conseguem produzir a mesma quantidade de luz, enquanto necessitam de menos energia. Outro fator interessante, é que a geração de calor, ao longo de todo esse processo, é quase nula — o que também favorece a economia. 

Tudo o que você precisa fazer é instalar essas lâmpadas em todos os cômodos da casa. No fim do mês, a economia de energia elétrica será significativa. Faça um teste!

Liquidificador

Poucas pessoas imaginam, mas o liquidificador é um dos aparelhos que gastam menos energia elétrica. Figurinha carimbada nas cozinhas de todas as residências, esse eletrodoméstico pode ser usado para diversas finalidades culinárias: seja para triturar, liquidificar ou misturar os ingredientes de uma receita. 

A boa notícia, porém, é que tal equipamento pode ser usado sem preocupação, já que não consumirá muita energia elétrica na sua residência. Para se ter uma ideia, ao utilizar um liquidificador de 200W de potência, em média, durante 10 minutos por dia — durante os 30 dias do mês — o seu consumo mensal será em torno de 1 kW. Bem pouco!

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Notebook

Vivemos em uma sociedade moderna e, diariamente, precisamos estar conectados à internet seja para realizar um trabalho, assistir a um filme ou, simplesmente, acessar as redes sociais e conferir as últimas notícias. Por conta disso, não é raro encontrar pessoas que tenham um notebook em casa. 

O equipamento consiste em um modelo de computador compacto e portátil, podendo ser levado para qualquer lugar. Fora essas vantagens, o notebook é um dos aparelhos eletrônicos que menos consomem energia em uma residência, girando em torno de 0,09 kW por hora, o que equivale a R$ 0,07 na conta de luz. 

Ainda assim, é preciso ficar atento, uma vez que, quando a bateria do aparelho está prejudicada, pode causar um grande impacto no seu orçamento mensal. Mas nada de desespero: existem algumas soluções práticas para evitar que isso aconteça. A principal delas, é ativar o “modo de economia”, que consiste em reduzir o brilho da tela e definir um período do dia para que a máquina fique desativada. Essas e outras configurações podem ser realizadas no próprio Painel de Controle, caso o seu notebook possua o sistema Windows. 

Televisão

Algumas pessoas sequer imaginam, mas a televisão é mais um dos aparelhos que gastam menos energia. Quando utilizado, o equipamento pode consumir 0,12 kWh de energia por hora, correspondendo a cerca de R$ 0,10.

No entanto, para fugir de gastos desnecessários, vale a pena tomar cuidado e sempre desligar o  equipamento da tomada quando não estiver sendo usado. Caso contrário, a TV continuará gastando energia ainda que em modo “stand-by”. O seu bolso agradece!

Como diminuir os gastos com a conta de luz?

Depois de conhecer os aparelhos que menos gastam energia, é o momento de descobrir como economizar na sua conta do mês. Afinal, mesmo que alguns equipamentos sejam os responsáveis por elevar o nosso consumo mensal, muitos deles são essenciais para o nosso dia a dia — e, simplesmente, não podemos evitá-los por completo. Mas não se preocupe. Seguindo algumas dicas, é possível poupar boa parte das suas despesas. Veja:

  • além de não tomar banhos demorados, é interessante sempre desligar a torneira enquanto estiver se ensaboando; 
  • instale o seu ar-condicionado em um local com excelente circulação de ar. Procure ainda, proteger a parte externa do equipamento da iluminação solar, sem que as grades de ventilação fiquem bloqueadas; manter as janelas fechadas também é importante;
  • tanto a geladeira, quanto o freezer, devem estar posicionados com, no mínimo, 15 centímetros de distância da parede. É interessante que o aparelho esteja longe do fogão ou qualquer área exposta ao sol. 

Além dessas recomendações, considere investir na instalação de energia solar na sua residência. Com esse mecanismo, você conseguirá não somente conquistar uma excelente economia de energia a longo prazo, como também, colaborar para a preservação e equilíbrio do meio ambiente. 

Quais os benefícios de economizar na conta de luz?

Imaginava que economizar energia elétrica é uma prática que proporciona benefícios apenas para o seu orçamento? Grande engano! Além de conseguir guardar “uns trocados a mais”, você poderá aproveitar outras vantagens interessantíssimas, sendo:

  • menos desperdício; 
  • economia de recursos naturais; 
  • contribuição para evitar a degradação do meio ambiente; 
  • mudança de hábitos
  • incentivo a outras pessoas seguirem essa prática e muito mais!

E então, agora que você já sabe quais são os aparelhos que gastam menos energia, o que acha de se aprofundar mais no assunto? Para isso, confira já o nosso outro artigo e descubra quais são os equipamentos domésticos que podem ser os grandes vilões da sua conta de luz!

Comments

comments