Com o mercado de trabalho sofrendo transformações constantes em sua estrutura, o consumidor se tornou valioso e mudou a atitude de empreendedores. Assim, aqueles que possuem franquias estão procurando novas maneiras de aumentar suas vendas.

A criatividade e simplicidade estão ganhando força nesse momento, sendo a solução para muitas franquias. No ramo de energia solar, empresas como a Solarprime tem inovado e personalizando a necessidade de cada franqueado.

Isso gerou resultados surpreendentes e, como é um ramo que cresce mundialmente pela necessidade de energias sustentáveis, é uma ótima opção para aqueles que estão buscando algo para investir. Por isso, preparamos várias dicas para quem busca aumentar as vendas na franquia e quer se destacar no mercado.

1. Defina seu público-alvo

A etapa mais crucial para ter sucesso em vendas é definir qual tipo de pessoas vai querer alcançar, pois sem essa estratégia definida, não há possibilidade de fazer ações assertivas que impactem o público. Portanto, devemos nos perguntar para quem vamos direciona-las. Será para clientes, empresários, investidores?

Uma mesma marca pode variar seu alvo no mercado, por exemplo, fazendo grandes ações de marketing em redes televisivas, internet, entre outros, para clientes consumirem o produto ou serviço. Ao mesmo tempo, para atrair investimentos e se tornarem reconhecidas no mundo empresarial, podem promover iniciativas voltadas para empreendedores e corporativistas.

É dessa forma que encontram franqueados para se juntarem a empresa e ajudá-la a se expandir. Por isso, é importante definir precisamente quem será o público-alvo, facilitando as tomadas de decisões e estratégias a serem utilizadas.

2. Tenha excelência no atendimento

Mesmo passando treinamento para as franquias, selecionando os melhores pontos comerciais e tendo fornecedores de qualidade, nada disso vai surtir efeito se o tratamento com os clientes não for de excelência. Isso porque se ocorrer um atendimento inadequado, não voltam mais e ainda espalham para seu ciclo social que o lugar não presta.

O mais perigoso nesse contexto é pensar que essas mesmas pessoas que deixaram de consumir seu produto, vão migrar para a concorrência e investir lá o que poderiam ter investido em sua franquia.

3. Preocupe com a credibilidade online

Aprimorar a parte virtual da franquia é fundamental para seu crescimento! Você pode fazer isso, por exemplo, com a criação de sites, blogs voltados para o serviço e redes sociais com conteúdos exclusivos. Permita que internautas visitem as páginas da empresa e que potenciais clientes ou franquiados entrem em contato com pessoas especializadas em chats.

Não temos saída, nossas empresas precisam saber evoluir e estar onde o público-alvo se encontra. Portanto, é importante fazer um perfil sério para a franquia, mantendo os seguidores sempre informados das novidades e interagindo com eles ao mesmo tempo. Pense na importância que esse canal de comunicação tem com um prospecto, dando liberdade a ele para expor suas opiniões, críticas e sugestões construtivas à marca.

Disponibilizar abas e links de fácil acesso para empreendedores, inserindo informações básicas e deixando um formulário simples para preencherem, é uma ótima ideia, pois desse modo a corporação poderá entrar em contato com ela. Assim, por meio de e-mail, será possível enviar informações mais relevantes sobre a franquia e conquistar a pessoa, seja como cliente, seja como um parceiro de negócios.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Podem ser compartilhados dados como a história e proposta da empresa, objetivos frente ao mercado, estatísticas e resultados conquistados, declarações de clientes e franqueados, entre outras, basta usar a criatividade. Isso vai gerar importantes leads dentro da marca e impulsionar as vendas.

4. Invista no relacionamento com o cliente

É preciso aprimorar a capacidade de sondagem, procurando fazer perguntas assertivas que direcionem a pessoa a te dar respostas que mostrem suas necessidades. Com isso, será possível oferecer todo o potencial que o produto ou serviço tem. Se possível, crie um setor na corporação que tenha a função de investigar como o seu público-alvo se comporta, facilitando essa identificação.

Mais interessante que chamar novos parceiros e clientes para o negócio, é fazer investimentos naqueles que já estão fidelizados, pois isso manterá as vendas constantes e com taxas de conversão altíssimas. Pense bem, quem é consumidor assíduo já foi conquistado, assim, a facilidade que temos de vender novamente é muito maior.

Para que isso aconteça, devemos enviar mensagens, e-mails em datas comemorativas, fazer ofertas exclusivas, mandar cupons de desconto e deixá-lo bem informado de novidades e eventos da empresa. Dessa forma, ele se sentirá importante e será sempre fiel à franquia.

5. Motive a equipe de vendas

Uma conversão de vendas não parte somente da vontade do público de consumir, mas envolve também um preparo da equipe de vendas. Por isso, devemos mantê-la sempre motivada e bem assessorada, para que possam desenvolver um trabalho de excelência. Do contrário, os produtos e serviços não se venderão sozinhos, concorda?

A maneira mais criativa de se motivar o setor de vendas é valorizando constantemente o empenho e dedicação, elogiando bons resultados e incentivando financeiramente por meio de bonificações e gratificações pela boa produtividade. Isso é altamente estimulante para eles.

6. Qualifique a equipe de vendas

Não podemos deixar de falar de um dos pontos mais importantes para que todo esse sistema funcione: a capacitação dos colaboradores da franquia. Sem um bom treinamento e especialização no produto ou serviço oferecido, não tem como essas dicas para aumentar as vendas darem certo.

Toda a equipe deve estar preparada para o atendimento e conversão das vendas de forma adequada e profissional. Essa qualificação pode ser feita por meio de treinamentos sazonais, palestras sobre o tema da empresa, workshops e até materiais para que possam estar munidos na hora de agir. Lembre-se que todo colaborador satisfeito tende a produzir em maior quantidade e com mais qualidade.

Podemos concluir que o bom relacionamento entre vendedor e cliente é o ponto mais crucial para que possa haver efeito em diferentes níveis da venda, seja nas indicações de clientes, na fidelização ou mesmo na recompra.

Agora que sabe de todas as dicas para aumentar as vendas, aprenda quais objeções existem como usá-las a seu favor para convencer o cliente.

Comments

comments