O controle financeiro nunca foi tão importante nos últimos tempos. Com tantas incertezas do mercado, não se preocupar com a economia e com os rendimentos pessoais é quase impossível. Mas como todo setor, o de investimentos possui recomendações de boas ações.

Dentre elas está a importância de diversificar.

Bom, não há muito segredo… Diversificar os investimentos significa não concentrar seu capital de uma só vez, mas dividi-lo em ativos para aumentar o seu orçamento. Neste texto explicaremos como funciona esse processo, como ele pode ser feito e qual a sua importância. Continue lendo para receber todas essas informações!

Como funciona a diversificação de investimentos?

A primeira informação que você deve assimilar é que todo investimento apresenta riscos. Por isso, a lógica da diversificação da carteira de investimentos é diluir esse risco em diferentes ativos. Dessa maneira, a queda de determinada ação pode causar menor prejuízo.

O mesmo ocorre quando pensamos na geração de renda fora do mercado de ações. Empresas que comercializam produtos voltados para o consumidor, por exemplo, podem ter dificuldade em manter uma margem de lucro se seus itens são sazonais. Nesse caso, o empresário deve contar com opções que sejam vendam durante o ano todo.

Outro exemplo comum são pessoas que atuam no mercado imobiliário, alugando um segundo imóvel. O ideal é que esta não seja a principal renda, já que esse tipo de negócio está sujeito a adversidades (como inadimplência, problemas estruturais e riscos de desastres).

Em outras palavras, a alocação dos investimentos é importante para todos os investidores. Seja para pessoas que querem resultados rápidos ou a longo prazo, novas no mercado ou mais experientes.

Como fazer isso de maneira simples?

Depois de entender como a diversificação de investimentos funciona, é momento de descobrir como isso pode ser feito. Para tanto, indicamos um passo a passo simplificado, pensando nas dúvidas que podem ocorrer aos investidores

É muito importante adaptar essas dicas para a sua realidade. Como os tópicos tratarão desse assunto de maneira mais geral, já que não é possível abordar todos os detalhes sobre investimentos, tente pensar em como a sua rotina no mercado de ações pode ser melhorada.

Trace uma meta

Essa parece uma dica simplória, mas não é. Ter um objetivo estabelecido é importante em qualquer atitude da vida. Assim, para diversificar os ativos nos quais você vai investir, é necessário definir qual a sua meta como investidor e quais estratégias vai assumir..

Lembre-se de que o planejamento diante das possíveis flutuações econômicas e a análise do fluxo de caixa podem ser diferenciais para o seu sucesso. Analise o risco e a possibilidade de retorno de cada aplicação.

Busque aconselhamento

Se você está começando a investir em ativos da bolsa é importante buscar aconselhamento com pessoas mais experientes. Converse com um consultor financeiro para saber quais são as melhores opções, pensando na possibilidade da realocação de valores quando necessário.

Ou seja, deixe claro que o seu objetivo é ter várias opções de investimento e mostre suas reais condições.

Entre em contato com outros investidores e empreendedores e busque por educação financeira. O networking pode fazer toda a diferença, seja no mercado de valores ou na tarefa de ter o próprio negócio.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Observe os riscos

Como os riscos são inerentes ao ato de investir, vale a pena entender como eles se classificam e quais são aqueles associados aos ativos escolhidos. Nesse sentido, podemos falar em riscos sistemáticos e não-sistemáticos

Os riscos sistemáticos afetam toda a economia, eles estão associados a um determinado sistema econômicos e afetam quaisquer aplicações, tanto de instituições públicas, quanto privadas. A variação do PIB é um tipo de risco sistêmico, por exemplo.

Já os riscos não-sistemáticos são mais específicos e afetam determinados tipos de empreendimentos. Um bom exemplo disso é a cotação do petróleo que afeta ativos associados a combustíveis fósseis e outros derivados, mas pode ser indiferente para alguns empreendimentos.

Por que diversificar os investimentos?

Saiba por que é importante priorizar uma carteira diversificada.

Mitigação de riscos

Como já demonstrado, riscos sempre existirão. No entanto, ao aplicar o seu capital de formas diferentes, você consegue diminuir essa ameaça ao seu patrimônio. Considerando que, por exemplo, um risco não-sistêmico desvalorize as ações de certo setor, se você possui aplicações em outras áreas, isso pode ser facilmente compensado.

Aumento dos rendimentos

A diversidade de aplicações melhora consideravelmente os rendimentos. Vale a pena ter parte dos bens financeiros aplicados no mercado de valores, enquanto uma outra parcela pode ser usada para empreender.

Com isso, aumentam as chances de que a sua lucratividade seja maior. Afinal, a dinâmica de vendas de um negócio é diferente do andamento das ações, e essas duas opções podem se complementar. 

Ampliação do portfólio de ações

Ter experiência diversificada como investidor é um ponto de grande importância para o desenvolvimento da carreira. Assim, a diversificação de investimentos torna o seu portfólio mais completo, o que aumenta as suas oportunidades de conseguir até mesmo empregos melhores.

Acúmulo de patrimônio

A consolidação de um patrimônio financeiro é dificultada quando uma pessoa não realiza investimentos. Afinal, contar apenas com o próprio salário para tanto não é o mais indicado para ter sucesso dentro desse setor.

Além disso, mesmo contando com uma aplicação o progresso pode não ser o esperado. Por isso, a diversificação das aplicações é necessária para que seu patrimônio aumente significativamente.

Segurança financeira

Com a redução de riscos, o aumento dos rendimentos e a consequente construção de um patrimônio concreto, é possível alcançar uma vida financeira de sucesso. Em tempos como este, em que as crises podem surgir quando se menos espera, essa segurança faz toda diferença.

Com essas informações, você já sabe como é feita a diversificação de investimentos e a sua importância para a vida financeira. Considere investir em um empreendimento tecnológico como a energia solar, que está em ascensão em todo mundo A Solarprime oferece franquias que cabem em todos os bolsos e que ajudam quem deseja se tornar um empreendedor. 

Entre em contato com a Solarprime em conheça as nossas franquias!

Comments

comments