O sistema fotovoltaico, também chamado de sistema de energia solar, é a geração de energia elétrica por meio da radiação solar. Painéis solares recebem a luz e geram energia elétrica. Os sistemas fotovoltaicos podem ser conectados à rede (on grid), isolados (off grid) ou híbridos, e cada um tem um modo de operação.

Essa é uma das alternativas de geração de energia mais sustentável e econômica. Porém, alguns fatores influenciam na eficiência do sistema fotovoltaico, como as condições do local de sua instalação e a temperatura.

Se interessou pelo assunto? Leia este post até o fim e entenda os 4 principais fatores que podem impactar na eficiência do sistema fotovoltaico. Também explicaremos por que o Brasil é um país propício para a utilização desse tipo de sistema. Boa leitura!

Fatores que impactam na eficiência do sistema fotovoltaico

Além de ser uma forma mais sustentável de consumir energia, o sistema fotovoltaico oferece economia na conta de luz ao final do mês. Porém, alguns fatores podem influenciar na eficiência e desempenho. Listamos alguns a seguir.

1. Incidência solar

A incidência solar interfere diretamente na geração de energia por meio do sistema fotovoltaico. Os painéis solares devem ser instalados de forma que recebam o máximo possível de radiação solar. É preciso escolher um local sem existência de sombra, ao menos das 9h às 15h.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

2. Variação do espectro na massa de ar

As características da massa de ar atmosférico também influenciam na geração de energia solar. Não é o calor que faz funcionar o sistema fotovoltaico, mas sim a luz do sol. Assim, os painéis solares costumam funcionar melhor em regiões com temperaturas amenas. O coeficiente ideal para a eficiência do sistema fotovoltaico é indicado pelo fabricante.

3. Tolerância e incompatibilidade elétrica

Para o máximo aproveitamento dos benefícios do sistema de energia fotovoltaica, é importante seguir as instruções descritas pelo fabricante. Antes de serem disponibilizados no mercado, esses sistemas são submetidos a testes para verificar a tolerância e incompatibilidade elétrica. Portanto, as características elétricas dos sistemas podem variar em diferentes níveis de tensão, potência e corrente.

4. Perdas no inversor

Nem toda energia que os módulos geram poderá ser aproveitada. Uma pequena parte é perdida durante os processos de conversão e chaveamento dentro do inversor. Alguns fabricantes oferecem tabelas de eficiência dos inversores. O importante é observar a relação entre a potência máxima que entra no inversor e a potência real fornecida pelo arranjo fotovoltaico.

A utilização da energia solar é uma ótima opção para quem deseja gerar a própria eletricidade por meios mais sustentáveis e, ainda, economizar na conta de luz. Além disso, vale ressaltar que, devido à sua posição geográfica, o Brasil é um dos países com mais alto potencial de captação de radiação solar. Portanto, fique atento aos fatores que citamos acima e garanta ao máximo a eficiência do sistema fotovoltaico.

Agora que você já conheceu um pouco mais sobre a eficiência do sistema fotovoltaico, complemente seu conhecimento sobre as principais vantagens oferecidas pela produção e utilização de energia solar.

Comments

comments