Quem conta com recursos e quer dar um passo à frente em sua vida pode se encontrar em um dilema. Afinal, o que é melhor: empreender ou investir? Apesar de as duas opções estarem ligadas à independência financeira e à montagem de seu próprio negócio, cada uma tem prós e contras. Aliás, é preciso compreendê-las bem, antes de tomar qualquer decisão.

Confira, no post a seguir, quais são as vantagens e desvantagens de empreender e investir. Veja também como isso se aplica ao ramo de energia solar. Boa leitura!

Empreender ou investir: qual é a opção ideal para os seus recursos?

Como adiantamos, se você tem recursos e quer independência financeira, pode escolher entre empreender ou investir. Apesar de parecerem similares, essas alternativas têm características diferentes, bem como exigências distintas.

Sendo assim, até por uma questão de segurança do seu dinheiro, é fundamental saber qual decisão tomar. Ela não deve estar ligada somente ao faturamento esperado, mas ao tipo de vida que você deseja levar de agora em diante.

Quais são as vantagens e desvantagens de investir?

De forma simplificada, investir é uma forma de colocar seus recursos para “trabalhar para você”. Isso significa que você pode colocar seu dinheiro em diversos empreendimentos. Por exemplo:

  • títulos do governo;
  • ações da bolsa de valores;
  • poupança;
  • imóveis;
  • fundos de renda fixa.

Vantagens

Menor dedicação de tempo

Com investimentos, você pode aplicar seu dinheiro e aguardar o retorno. Dependendo da sua escolha, você, inclusive, não precisa tomar decisões complexas, pois pode contratar uma empresa que estude o cenário e invista por você.

Diversificação

A possibilidade de diversificação dos investimentos é uma grande vantagem. Afinal, você pode distribuir seus recursos em diferentes campos, o que também torna seus retornos independentes. Por exemplo, se um dos setores sofre uma crise, seus outros negócios podem estar assegurados.

Possibilidade de alta renda

Conforme o tipo de investimento que você fizer, há a possibilidade de alta renda. As ações, por exemplo, no longo prazo, podem significar um bom retorno, mas falta segurança. Já nos investimentos chamados de baixo risco, o retorno é constante, mas tende a ser o mesmo.

Desvantagens

Exigência de conhecimento na área

Mesmo que você contrate uma empresa para investir para você, é preciso compreender bem todos os detalhes do negócio, especialmente no que se refere a títulos ou ações, inclusive para escolher o seu representante.

Aliás, se você vai investir na bolsa de ações e quer fazer isso sozinho, então a exigência de entender como tudo funciona será ainda maior.

Dependência de fatores externos

Alguns investimentos, como os de alto risco, podem depender muito de fatores externos, como o que acontece em outros países. Nesse sentido, do dia para a noite, você pode ter prejuízos, bem como lucros.

Atualização constante

É importante manter-se sempre por dentro das decisões do governo e de quem se relaciona direta ou indiretamente com o seu investimento. Nesse sentido, você deve investir tempo todos os dias para saber como tudo está caminhando, até para tomar decisões futuras.

Quais são os desafios de empreender?

Empreender é criar o seu próprio negócio, seja ele online, físico ou nas duas modalidades. Dependendo da escolha da área e de sua administração, você pode chegar a um excelente retorno em poucos anos. Porém, assim como os investimentos, empreender também tem seus desafios.

Pontos favoráveis

Desenvolver habilidades

Desenvolver habilidades e aplicar as que você já tem é uma grande vantagem de começar o próprio negócio. Afinal, pelo menos no início, você é quem tomará todas as decisões e precisará correr atrás de tudo o que precisa, para iniciar o seu empreendimento, o que o tornará mais experiente.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Fazer o que gosta

Ser seu próprio chefe é o sonho de muitas pessoas. Com seu próprio negócio, isso acontece. Nele, você pode criar uma empresa na área de que gosta, dirigindo-a para onde você achar melhor. Porém, isso também significa uma grande responsabilidade.

Modelos testados

Se você tem dúvidas quanto a iniciar um negócio próprio, a existência de modelos testados, como as franquias, pode dar mais segurança. Afinal, o empreendimento já tem um padrão, que você pode seguir com aconselhamento profissional.

Outra vantagem é que, geralmente, as franquias já são conhecidas, alcançando seu público-alvo de forma bem mais rápida.

Pontos desfavoráveis

Muito trabalho

Em seu próprio negócio, você é o chefe. Isso quer dizer que, mais do que qualquer funcionário, você deve se dedicar integralmente a fazer o empreendimento andar. Ou seja, aquela história de “ser o primeiro a chegar e o último a sair” é verdadeira.

Além disso, isso significa que você pode não ter tanto tempo livre como gostaria, especialmente no começo. Porém, depois de dominar a gestão do seu empreendimento e contar com ajuda especializada, se for o caso, o negócio pode seguir favoravelmente.

Grandes responsabilidades

Toda a responsabilidade do negócio será sua: desde a escolha dos funcionários até a administração. Por isso, você deve aprender a:

  • supervisionar áreas distintas;
  • escolher pessoas confiáveis;
  • pagar taxas, impostos e salários;
  • saber administrar, visando as ações do futuro.

Atuação em um ramo

Outro ponto contra de empreender é que, geralmente, o seu negócio será dependente de um ramo. Ou seja, se esse setor passar por dificuldades e todos os seus recursos estiverem nele, você deverá encontrar soluções para crescer ou se recuperar.

Contudo, é importante observar que tudo depende de sua visão. Por exemplo, é possível empreender em vários ramos, se esse for o seu perfil, ou então combinar empreendimento e investimentos, mesmo que sejam menores, para não depender de apenas um setor.

Energia solar: qual é o melhor formato para o seu negócio?

O setor de energia solar tem crescido bastante no Brasil. Para quem gosta da área e quer iniciar seu negócio, fica a dúvida: empreender ou investir?

Para começar, é preciso entender que as duas soluções podem ser muito boas. No caso de empreender, você pode instalar uma franquia, como a da Solarprime, e trabalhar com a venda e a instalação de painéis, levando a solução da energia solar para cidades e áreas rurais, bem como empresas ou pessoas físicas.

Já investir em um sistema de energia solar permite que você atue um pouco mais de longe, mas com seus recursos usados para crescer a empresa da área, tornando a tecnologia melhor e a energia solar mais conhecida e utilizada, o que, consequentemente, pode também trazer um grande retorno.

Por fim, para decidir qual é a melhor opção para você, tudo vai depender de seu perfil. Se você não gosta de administrar e quer ter liberdade, a melhor opção pode ser investir. Mas, se quer um retorno mais rápido e alto, além de vivenciar seu negócio e levar soluções para os clientes, então a escolha pode ser empreender. Independentemente de qual seja, empreender ou investir, você deve ter clareza de sua decisão.

Falando nisso, quer saber como começar a sua própria franquia em energia solar com a Solarprime? Entre em contato e descubra se essa é a opção ideal para o seu perfil!

Comments

comments