Você provavelmente já sabe que é possível gerar energia a partir da luz do sol, certo? Então, quais são as vantagens da energia solar para o bolso dos usuários e para o meio ambiente? É possível afirmar, de antemão, que existem vários benefícios que só crescem ao decorrer do tempo.

Essa alternativa é cheia de vantagens, ainda mais em tempos nos quais as tarifas da energia elétrica não param de subir. Isso ocorre principalmente por conta da chamada bandeira vermelha, em virtude dos baixos níveis dos reservatórios de água das usinas hidrelétricas (que são as principais fontes de energia elétrica do Brasil, atualmente).

Além disso, as vantagens oferecidas pela produção e utilização da energia solar valem inclusive para o meio ambiente, uma vez que ela é uma fonte limpa e renovável. Então, continue lendo este artigo e conheça 9 benefícios da energia solar!

1. Redução da poluição e das taxas de carbono

A preservação do meio ambiente também depende de cada um de nós — e não apenas dos dirigentes dos países e das grandes empresas. Por isso, cabe a você fazer escolhas na sua rotina diária que contribuam para diminuir os impactos ambientais. Começar pelo seu consumo de energia é uma boa forma.

A energia solar é uma grande aliada na redução da poluição e das taxas de carbono. Afinal, esse recurso é considerado limpo, ao contrário de usinas termelétricas, por exemplo, que produzem energia a partir do carvão mineral e emitem gases contribuintes para o efeito estufa.

Ao aderir ao uso da energia solar, você passa a fazer parte de crescente tendência sustentável no mundo. Essa tendência é conhecida como pegada de carbono: uma medida que calcula a emissão de carbono na atmosfera por indivíduo. Com essa fonte de energia limpa, sua pegada de carbono diminui consideravelmente.

2. Baixíssima necessidade de manutenção

Por serem compostos por apenas dois principais elementos — painéis solares e inversores —, os sistemas de energia solar apresentam baixas necessidades em relação à manutenção. Isso é ótimo, pois é possível estender sua vida útil com poucos hábitos.

Depois de instalado o sistema, os cuidados requeridos envolvem somente a limpeza e a fiscalização dos painéis solares. Esses equipamentos são feitos para trabalhar continuamente, portanto basta observar sua taxa de geração de energia. Isso pode ser feito olhando no inversor solar de seu painel e comparando-o com as contas de luz.

Já para a limpeza, é recomendado que seja feita periodicamente. Ela consiste em uma lavagem simples para que a sujeira não atrapalhe a absorção da luz solar pelas células fotovoltaicas. Esse processo, geralmente, é realizado por empresas especializadas para que não haja danos aos painéis, pois são compostos de materiais relativamente sensíveis.

3. Energia renovável

Considerando que a fonte da geração de energia fotovoltaica é o sol, podemos afirmar que essa alternativa nunca acabará em nosso tempo na Terra. Afinal, o sol permanecerá sendo a estrela central do nosso sistema por mais longos períodos de tempo.

Entretanto, uma dúvida pode surgir: como os painéis fotovoltaicos produzirão eletricidade a noite? Para isso existe um sistema chamado de geração distribuída on-grid. Durante o dia, a energia é produzida diretamente pela luz solar, já no período noturno, ela é obtida de uma central de distribuição.

A energia gerada nos painéis de um determinado local é distribuída por toda uma rede até que chegue nessa central de distribuição. Assim, uma espécie de rodízio acontece: a eletricidade é distribuída por todos os painéis conectados nesse sistema mesmo que não estejam produzindo naquele momento.

Desse modo, independentemente de, em alguns dias, a luz do sol apresentar mais ou menos força, a energia elétrica estará presente.

4. Diminuição do valor da conta de luz

Não podemos deixar de citar a grande diferença que o uso da energia solar traz para o seu bolso. Quem tem esse tipo de sistema de geração instalado em seu imóvel consegue produzir a maior parte da energia que é consumida no local.

Os custos existentes são apenas as pequenas taxas, relacionadas às concessionárias do sistema de distribuição e às manutenções. Isso significa que sua conta de luz pode ter uma grande redução no valor em um rápido período de tempo.

Desta forma, se considerarmos que a fonte operacional da energia solar é gratuita, podemos dizer que o usuário desse tipo de alternativa terá uma economia considerável no seu orçamento.

5. Valorização do imóvel

Seja um imóvel comercial ou residencial, pode ter certeza de que, ao ter um sistema de energia solar instalado, automaticamente o seu valor de mercado aumentará. Afinal, o possível comprador vai contabilizar toda a economia que terá ao longo dos anos em relação aos seus gastos anteriores com energia.

Isso significa que a quantia que você investiu ao optar pela instalação de um sistema fotovoltaico na sua casa ou no seu comércio voltará para o seu bolso, acrescida de uma rentabilidade. A razão é simples: quem comprar o imóvel deve considerar que não terá de passar pelo processo de busca e adequação para a produção da energia solar.

Além de que, seu imóvel será reconhecido por seu engajamento sustentável na comunidade. Isso é ótimo para locais residenciais e, ainda mais para ambientes comerciais, onde pode ser adicionado ao marketing verde — que vem tomando seu valor cada vez mais no mercado. Adotando esse tipo de energia limpa as vantagens só crescem!

6. Investimento com custo/benefício satisfatório

O valor do investimento ainda é o maior obstáculo para quem deseja implantar um projeto de energia fotovoltaica em uma casa, um negócio ou uma indústria. A instalação desse tipo de sistema no Brasil envolve um certo investimento inicial, mas a quantia sofre bastante variação. Uma boa pesquisa é a chave da economia!

Tudo depende do nível de consumo de energia no imóvel e de como é o aterramento da localização, entre outros fatores. É importante salientar que não importa o valor do investimento para começar a gerar energia solar: os ganhos econômicos que esse sistema proporciona, em comparação com o convencional, representam uma redução na fatura de energia elétrica de até 95%.

Além disso, o Retorno sobre Investimento (ROI), mesmo variando de acordo com o consumo, costuma ser obtido em um prazo médio de seis anos. Se considerarmos que o equipamento tem uma durabilidade de até 40 anos (com 80% de sua eficiência), você terá 19 anos para produzir energia solar com todo o seu investimento já pago. Mostrando, assim, um nível alto de custo/benefício.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

7. Sustentabilidade

Como mencionamos, a energia solar é considerada limpa (em oposição aos combustíveis fósseis), pois não gera resíduos poluentes significativos e gases causadores do efeito estufa. A sustentabilidade da produção de energia fotovoltaica fica por conta do seu processo natural de geração, o qual necessita apenas da radiação solar para existir.

Seus materiais são feitos de forma simples e, se descartados de forma adequada, não contribuem para a poluição do solo e lençóis freáticos. Além de serem compactos, não necessitando de grandes porções de espaço — que são cada vez menos encontradas.

Outro ponto é a instalação dos sistemas fotovoltaicos que não impacta de forma negativa a natureza. Diferentemente das usinas hidrelétricas, por exemplo, que necessitam realizar inundações em áreas enormes, destruindo os ecossistemas locais e impactando negativamente diversas famílias ribeirinhas.

8. Obtenção de tecnologia de ponta

Recentemente, a ONG Greenpeace divulgou uma pesquisa mostrando que a maior parte das pessoas está interessada em instalar um sistema de energia solar. Entretanto, entre os 70 milhões de consumidores de energia elétrica no Brasil, apenas cerca de dez mil deles já produzem sua própria energia por meio de um sistema fotovoltaico.

Tais dados revelam que, apesar de hoje em dia existirem vários facilitadores para a aquisição desse tipo de sistema, a energia solar ainda faz parte de um pequeno grupo de consumidores. O valor alto de investimento é um possível motivo de tal fato.

Entretanto, é preciso pensar como um investimento em tecnologia de ponta. Cada vez mais novos modelos de painéis fotovoltaicos são criados e popularizados no país. Isso acarreta um barateamento nos custos além de novas opções para o consumidor.

O ato de obter essa tecnologia verde, nesse caso, é refletido em um interessante retorno financeiro, além do mais importante: a sustentabilidade. Isso significa poder afirmar que o seu imóvel, seja ele comercial ou residencial, é considerado energeticamente auto sustentável e limpo.

9. Mercado promissor

Além de todas as vantagens da energia solar, você já pensou na possibilidade de entrar nesse mercado? Com a crescente procura por essa fonte de energia, pode ser que investir na venda e instalação de painéis fotovoltaicos seja uma boa opção.

A princípio é necessário aprender sobre o assunto. Existem diversos cursos, tanto online quanto presencial, com tempo de duração variante — basta escolher um que se adapte a sua rotina.

Tendo realizado os cursos e aprendido o máximo que conseguiu, basta seguir os passos gerais para abertura de uma empresa. Existem várias maneiras de começar, mas algumas delas serão abordadas a seguir.

Estude o mercado e suas necessidades

Por mais que exista esse crescimento na busca por energia solar ainda é necessário realizar pesquisas de mercado. Comece analisando a oferta e procura da região que deseja abrir seu negócio. Existem concorrentes? Quantas pessoas estão adotando essa produção de energia? É um local favorável? Entre outras perguntas.

Com isso, você consegue ter uma boa base para entender as necessidades do ambiente estudado. Desse modo é mais fácil estipular se sua empresa poderá ser bem-sucedida nesse ramo.

Informe-se sobre regulamentações

Um ponto extremamente importante é a legislação. Para uma empresa existir são necessários diversos procedimentos burocráticos — e não é diferente para a área da energia solar. Eles podem variar conforme a cidade, estado e âmbitos empresariais. Basicamente, é necessário mais um pouco de pesquisa.

Identifique todos os custos

Depois de analisar o mercado e se informar sobre os processos burocráticos, é hora dos cálculos. Nesse momento é colocado no papel todos os possíveis custos com equipamentos, funcionários, partes burocráticas, marketing, fundo de renda etc.

É importante anotar tudo que possa ser um futuro gasto para se ter dimensão do tamanho do investimento inicial. Também é um bom momento para decidir como sua empresa se portará no mercado, se será um local físico ou apenas online, por exemplo.

Elabore um plano de investimento

Chegamos agora em um dos passos finais: fazer o plano de investimento. Se você não tiver o valor do investimento já guardado é necessário pensar em como conseguir. Talvez seja hora de procurar fontes de renda extra, por apenas um período, ou de reorganizar suas finanças. Tudo depende do quanto existe em mãos agora e do quanto ainda é necessário.

Após conseguir o valor total e a legislação necessária, finalmente é hora de abrir as portas: seu negócio começou. Agora, é o momento em é dado a largada em planos de marketing e afins. Sua empresa está pronta!

Considere o mercado de franquias

Se pensar em todos esses processos para abrir uma empresa for demais para você, existe uma boa solução para isso: as franquias. Não é de agora que as franquias estão tomando o mercado e tem um motivo: suas facilidades.

Os processos burocráticos são mais simples e já tem uma direção bem apontada. Fora que a rede de empresas já tem nome no mercado — o que é uma excelente vantagem em um ambiente competitivo.

Você recebe apoio do franqueador, que pode te aconselhar com diversos planos de negócios que funcionam para o ramo, e fica mais tranquilo. Afinal, uma empresa que já está no mercado traz mais segurança, uma vez que é possível saber como o negócio se desenvolveu ao longo do tempo.

Como mostramos neste post, as vantagens da energia solar implica diversos benefícios tanto para o usuário quanto para o meio ambiente. Você economiza dinheiro, seu imóvel fica valorizado, o ecossistema é preservado e, ainda por cima, há a possibilidade de entrar nesse mercado que cresce cada vez mais. Trata-se de uma relação ganha-ganha, sem lados negativos, e é disso que o mundo está precisando no momento.

Agora que você já conhece as principais vantagens do uso da energia solar, que tal saber mais sobre as formas de investir nessa fonte de energia? Então, não deixe de entrar em contato conosco agora mesmo!

Comments

comments