Quem nunca sonhou com a liberdade de ser dono do próprio negócio ou em fazer investimento com retorno rápido, não é mesmo? Pois saiba que essa realidade pode estar muito mais perto do que você imagina. E uma das maneiras mais procuradas para ter lucro no curto prazo são as franquias de baixo investimento.

O primeiro passo é identificar o seu perfil como empreendedor e, para isso, será preciso analisar uma série de fatores como risco, liquidez e prazo de retorno do investimento. Falaremos, portanto, ao longo de todo este artigo a respeito das aplicações e empreendimentos com os menores prazos de retorno. Confira!

O que é prazo de retorno do investimento?

É um indicador de atratividade da empresa que mostra a quantidade de tempo necessário para que o investidor recupere toda a quantia que foi investida. Trata-se do momento preciso em que o investidor passa a receber, de fato, o lucro do empreendimento.

Se pegarmos o exemplo do investimento em uma empresa, quando falamos que esse negócio tem um PRI de 3,5 anos, significa que depois de três anos e seis meses do início das operações dessa pessoa jurídica, será possível recuperar o dinheiro que foi aplicado.

O cálculo do prazo de retorno, seja de uma nova empresa ou de um investimento a ser feito, deve ser baseado no valor do capital aplicado. Agora, para casos nos quais o negócio já está em atividade, pode-se usar o valor do patrimônio total do empreendimento.

Por que é importante saber o prazo de retorno?

Alguns negócios demoram mais de 10 anos para cobrirem o custo do investimento, enquanto outros se pagam apenas nos primeiros meses de atividade. Contudo, tudo depende da quantia necessária para o investimento inicial e da capacidade de faturamento do negócio.

Escolher o prazo de retorno correto para o perfil do investidor é essencial para que haja alinhamento entre expectativas e resultados. Imagine, por exemplo, alguns hectares de terra para plantar árvores de madeira nobre. Inicialmente, os custos serão altos: metro quadrado da terra, preparação do solo, compra de sementes ou mudas, sistema de irrigação, entre outros. Contudo, quando as árvores atingirem a maturidade, em cerca de 20 anos, o retorno será bastante alto.

Esse tipo de investimento é ideal, por exemplo, para quem deseja planejar a aposentadoria, mas não atende muito bem aos interesses de quem tem objetivos mais imediatos, como financiar a casa própria ou adquirir um veículo. Nesse caso, é fundamental que o empreendedor procure se envolver em projetos com um prazo de retorno do investimento menor, como acontece nas categorias que apresentaremos a seguir.

Quais projetos possuem prazo de retorno do investimento menor?

Abaixo, apresentaremos quais são os tipos de projetos que apresentam retorno do investimento no curto prazo.

Aplicações financeiras

Existem muitos produtos ligados ao mercado financeiro que prometem retornos rápidos. Talvez a ferramenta mais utilizada seja a bolsa de valores, já que os investidores não precisam aguardar a data do vencimento para receber seus dividendos, podendo negociar os papéis livremente e levando uma pequena margem nas negociações causadas pelas oscilações nos preços.

O problema é que nada é muito certo na bolsa e, assim como é verdade que os retornos podem ser rápidos, também é verídico que o risco pode ser maior. Além disso, normalmente, é preciso investir uma quantidade alta de dinheiro para obter lucros mais expressivos.

Mercados em alta

Eles são uma excelente oportunidade para levantar um dinheiro rápido e reestruturar as finanças, já que não exigem investimentos elevados e costumam ter uma demanda boa de clientes. Um grande exemplo de investimento com retorno rápido é o mercado gastronômico.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

O brasileiro tem se preocupado mais com a qualidade do que com a quantidade do que come. Como consequência, a demanda por personal chefs e profissionais especializados em levar uma experiência gastronômica para dentro da casa do cliente só aumenta.

Franquias

As franquias são, provavelmente, a saída mais tradicional e menos arriscada para obtenção de retornos rápidos. Por terem uma estrutura prévia, exigem investimentos iniciais menores e prometem um alto faturamento inicial — ou seja, quanto menor o seu investimento, mais rápido será o retorno. Por isso, as franquias de baixo custo são opções muito atrativas para quem quer reaver o dinheiro aplicado no curto prazo.

Esse tipo de franquia é considerado a principal alternativa para empreendedores que desejam abrir um negócio, mas não têm muito dinheiro para o investimento inicial. Existem franquias de baixo custo que partem de R$1.200,00 para abrirem as portas, oferecendo a mesma segurança, bem como o mesmo risco, de uma franquia comum.

Quais são os principais modelos de franquias de baixo investimento?

A diferença entre uma microfranquia e uma comum é apenas o valor do investimento inicial. Essa quantia é menor na franquia de baixo custo devido ao seu formato de operação ser igualmente mais modesto. Ficou interessado? Então conheça os 5 principais modelos de franquias de baixo investimento.

Cosméticos

As microfranquias de serviços nessa área, como manicures, design de sobrancelhas, esteticistas e depilação a laser, por exemplo, estão ganhando impulso ao utilizarem os produtos como matéria-prima fundamental. Por sua vez, a venda desses insumos também merecem destaque no setor.

Produtos pet

O brasileiro costuma considerar seu pet como um membro da família. Para se ter uma ideia, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem mais de 132,4 milhões de animais domesticados em nosso país. Por isso, as microfranquias de produtos e serviços para bichos de estimação tem se mostrado altamente atrativas.

Intercâmbio

Cada vez mais, o mercado de trabalho enxerga a fluência em outro idioma como um grande diferencial. Por isso, a procura por intercâmbios cresce tanto entre os jovens quanto entre profissionais já experientes. Por esse motivo, existem diversas marcas de franquias de baixo custo nesse setor que oferecem ótima lucratividade.

Energia solar

As franquias de energia solar são um nicho de mercado que oferecem alta rentabilidade, por apresentarem um produto de alto valor agregado, gerando um rápido retorno do investimento inicial, com prazo calculado de 5 a 12 meses.

Vale ressaltar que não é necessário ter conhecimentos técnicos em energia fotovoltaica para abrir uma franquia no ramo. O fundamental, porém, é que se tenha um perfil empreendedor e muita vontade de trabalhar em um dos setores de mercado que mais cresce no mundo.

O mercado de franquias, no primeiro semestre de 2018, apresentou um crescimento 6,8% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. De janeiro a junho, o setor de franchising brasileiro faturou R$ 79,5 bilhões, contra os R$ 74,4 bilhões dos primeiros seis meses de 2017. Esses números mostram que o setor vai na contramão da crise econômica dos últimos anos.

Agora que você já conhece todas as vantagens das franquias de baixo investimento, que tal ser um franqueado do ramo que mais cresce no mundo? Entre em contato com a Solarprime e saiba como.

Comments

comments