Ter um bom planejamento financeiro pessoal é sinônimo de tranquilidade e estabilidade. Por isso, é sempre importante procurar ferramentas que ajudem a ter uma vida econômica mais equilibrada. O objetivo desse planejamento é melhorar o aproveitamento de oportunidade e garantir mais segurança financeira. Bem utilizado, ele ajuda você a estabelecer metas, de curto a longo prazo, mantendo uma relação saudável com o próprio dinheiro.

Saber equilibrar os gastos com os desejos e as necessidades, além de manter as contas em dia, é uma prática saudável. Manter controle do orçamento doméstico é um importante passo para a educação financeira. Dessa forma, é possível aproveitar o momento econômico da melhor maneira, ter satisfação pessoal e assumir um projeto de vida.

Além disso, ter controle das economias é uma ótima maneira de organizar o orçamento. A elaboração de um bom projeto financeiro é um dos melhores caminhos pela busca de estabilidade econômica.

Quer saber como elaborar seu projeto financeiro? Leia esse post até o fim e veja como é possível ter uma vida economicamente mais equilibrada. Confira!

Por que se preocupar com o planejamento financeiro pessoal?

Devemos nos preocupar em saber administrar bem as finanças. O planejamento financeiro pessoal melhora a qualidade de vida e oferece sensação de tranquilidade e bem-estar. É importante ter conhecimento verdadeiro sobre a situação financeira.

Saber quanto ganha, quanto gasta e o valor que pode ser economizado no mês otimiza os custos. Quando assumimos o controle dos nossos gastos conseguimos nos planejar melhor. Se torna possível fazer aquela viagem desejada ou comprar um carro sem precisar se preocupar com parcelamentos.

Ademais, podemos investir em atitudes sustentáveis como a energia solar. Se for bem planejado, o investimento com a implantação de painéis fotovoltaicos oferecem ótimo custo-benefício. Ao final do processo, além de preservar o meio ambiente, o sistema de energia solar proporciona economia de até 95% na conta de luz.

Elaborando seu projeto financeiro

Ter um planejamento financeiro pessoal bem elaborado garante mais eficiência e clareza no processo. Para ter sucesso econômico devemos estabelecer metas, traçar estratégias e monitorar o orçamento. Além disso, o planejamento financeiro mostra a situação real em que as finanças de encontram. Listamos algumas dicas para ajudar na elaboração do seu projeto financeiro.

1. Faça um diagnóstico da situação atual

Coloque no papel a situação financeira do momento, como as dívidas, os gastos essenciais e as contas mensais. Faça um raio-X financeiro e anote quanto ganha e gasta por mês, quais são os investimentos feitos, dívidas de cartão de crédito e contas futuras que possam aparecer. Assim, você saberá ao certo quanto precisa por mês para pagar todas as contas.

Conheça detalhadamente todas as suas dívidas e trace um plano para quitá-las. Analise as taxas de juros de cada conta atrasada e começe a pagar a que apresentar maior valor. Assim, é possível ver como você está gastando seu dinheiro e tomar as melhores decisões.

2. Registre todas as despesas e receitas

É importante registrar todas as suas receitas e despesas. Faça um balanço patrimonial, listando suas dívidas e todos os seus bens. Atenção especial com as dívidas: é fundamental que os valores estejam exatamente corretos. O planejamento financeiro é baseado no que estamos dispostos a abrir mão para alcançar um objetivo maior. Por isso, a clareza dos números é essencial.

É importante acompanhar mensalmente suas receitas e despesas para garantir sucesso financeiro. Controlando as variáveis que envolvem nosso processo de planejamento financeiro, dependemos menos da sorte para alcançar nossos objetivos.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

3. Estipule metas

As metas do seu projeto de planejamento financeiro devem ser muito bem definidas para garantir o sucesso dos seus objetivos. O objetivo é transformar em números os resultados e acompanhar se tudo está caminhando conforme o esperado.

Depois de entender suas finanças, é necessário definir as metas é acompanhar periodicamente como tudo está funcionando. Nesse ponto, é muito importante ser realista. Não adianta traçar um objetivo que esteja muito além da sua realidade.

4. Viva de acordo com o seu padrão de vida

A maioria das pessoas gosta de viver o momento presente, mas planejamento financeiro é viver o futuro. A palavra economizar pode significar abrir mão de passeios em shoppings e compras desnecessárias. Escolha morar em bairros que atendam o seu padrão de vida, tenha carros e outros bens materiais que estejam de acordo com sua condição financeira.

Muitas vezes, gastar mais do que recebemos pode complicar bastante a situação econômica e trazer muitas dores de cabeça. Os juros das contas em atraso são muito danosos, principalmente quando resultam dos cartões de crédito. Portanto, evite endividamento.

5. Aprenda a poupar

Para aprender a poupar o primeiro ponto é gastar menos do que se recebe. Mesmo parecendo simples e óbvio, muitas pessoas não conseguem atingir esse objetivo. Com a vida financeira no vermelho, alguns precisam recorrer a empréstimos para cobrir os desajustes. Aprender a poupar dinheiro significa analisar as despesas de maneira objetiva e ter determinação para mudar hábitos de consumo. É preciso economizar um pouco cada mês para alcançar seus sonhos.

6. Compare preços antes de comprar

A comparação de preços entre produtos evita que você gaste mais e desperdice dinheiro na compra de um item. Além disso, evita aquelas aquisições impulsivas. Portanto, sempre consulte o preço do produto desejado em outras lojas.

7. Aprimore seus hábitos financeiros

Além de fazer o planejamento, é importante que você sempre tente aprimorar seus hábitos financeiros. Esse deve ser um processo constante. É fundamental que você esteja sempre atualizado sobre as suas movimentações econômicas, leia e estude sobre dinheiro, e revise periodicamente seu orçamento e seus objetivos.

Portanto, um planejamento financeiro pessoal quando bem estruturado permite otimização dos custos, hábitos de consumos mais conscientes, menos estresse com juros e dívidas e uma vida mais equilibrada. Ademais, dessa forma você consegue se programar melhor para poupar e conquistar sonhos. O gerenciamento eficiente do dinheiro facilita a visão mais clara do que você deseja realizar e evita gastos desnecessários.

Gostou das dicas? Siga a Solarprime nas redes sociais e descubra como é possível investir em outros projetos e planos economizando na conta de luz!

 

 

 

Comments

comments