Em 2014, uma verdadeira crise econômica assolou o Brasil. O estrago feito nos poucos anos que correram mudaram drasticamente a vida de muitos brasileiros — a estimativa é que 12 milhões de pessoas tenham perdido seus empregos. 

Contudo, talvez, o seu caso não tenha resultado em consequências tão graves e, às vezes, nossos projetos pessoais envolvem mudanças arriscadas, como sair de um cargo voluntariamente. No entanto, em tempos de economia instável, trocar a comodidade para investir em franquias pode ser positivo, mas exige uma estratégia certeira e bem estudada. 

Continue a leitura e descubra a quantidade necessária de capital para abrir franquia!

Entenda o universo das franquias

As franquias são concessões — o franqueador permite ao empreendedor o uso de sua marca, vendendo produtos ou serviços predeterminados. Ao franqueado, cabe o investimento, a administração e a manutenção do ambiente em que o negócio está localizado. 

O franqueador, por sua vez, tem responsabilidade sobre o marketing e as estratégias de vendas, apresentando inovações ou novos produtos. Parte do faturamento de uma franquia é paga ao franqueador em forma de royalties. 

Conheça os custos do investimento

Passou o tempo em que todas as franquias disponíveis ultrapassavam valores milionários. Hoje, é possível investir em empreendimentos mais baratos, sempre priorizando as suas condições financeiras para o negócio e no segmento a ser escolhido. Para aumentar a segurança, é importante possuir grande parte do investimento.

O valor também é influenciado pelo segmento da franquia, a estrutura a ser empregada — home-office, quiosques ou lojas próprias — e o público-alvo do empreendimento.

Microfranquias

As microfranquias possuem baixíssimo custo, se comparadas ao resto dos empreendimentos presentes no mercado — o capital para abrir franquia varia entre R$20.000 e R$80.000. Isso acontece porque, geralmente, ou o tamanho do local ocupado pelo negócio é muito pequeno, ou é um trabalho home-office. 

Apesar de o porte menor, uma microfranquia pode apresentar faturamento médio igual ou maior aos ganhos de uma franquia tradicional. Tudo dependerá da administração do franqueador e do se tino para os negócios. 

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Franquias

As franquias ocupam lugares maiores e costumam obter lucros significativamente maiores. Além disso, negócios muito conhecidos pelo público tornam esses empreendimentos cada vez mais caros.

Prepare-se para os custos sobressalentes

Se o negócio precisa de um ambiente especialmente preparado para ela, saiba que você terá que arcar com os custos da compra do terreno ou do aluguel de espaços comerciais. Além disso, o franqueador precisa conhecer termos como “capital de giro” e “taxa de franquia”. 

Capital de Giro

É o dinheiro necessário para pagar os custos da franquia nos primeiros meses, enquanto ela não lucra o suficiente para se manter. O valor estimado de capital de giro costuma estar entre 30% a 50% do valor da franquia. 

Taxa de Franquia

A taxa de franquia é um valor fixo, pago no momento da concessão dos direitos da abertura da empresa. Negócios mais estruturados fornecem, a partir do pagamento dessa taxa, consultorias para a escolha do ponto comercial, 

Taxas de Royalties

As taxas de royalties podem ser consideradas a participação nos lucros do franqueador. Uma porcentagem mensal é utilizada como base, por isso os valores mudam muito ao longo do tempo — principalmente se você obtiver lucros maiores. Esse é o modelo mais comum. 

No entanto, outros franqueadores podem exigir um valor fixo de royalties. No ramo de ensino — principalmente cursos de idiomas —, por exemplo, são cobrados royalties sobre as compras dos franqueados com os franqueadores. 

É importante lembrar que não se deve levar apenas o valor da franquia em conta: deve-se somar o custo do negócio com o ambiente de instalação e todas as taxas necessárias. O custo total será o capital para começar o empreendimento.

Agora que você já qual é o capital para abrir franquia, que tal assinar a nossa newsletter? Você receberá em seu e-mail mais artigos como este. Não deixe de ver a sua caixa de entrada!

Comments

comments