A redução de custos nas empresas é uma meta sempre perseguida visando a melhora da rentabilidade, principalmente em meio à crise econômica. Para alcançá-la, é preciso saber quais são os principais gastos e buscar alternativas para mudar esse cenário.

Neste texto mostraremos quais são os custos mais comuns a todas empresas e outros mais específicos, deixando claro quais medidas tomar para mitigar gastos. Acompanhe e fique de olho nas informações!

Eletricidade

Com o uso de computadores, máquinas copiadoras, condicionadores de ar, lâmpadas e outros eletrônicos, é comum que a conta de luz consuma uma fatia generosa do orçamento da sua empresa. Para diminuir o gasto com energia elétrica, é importante tomar medidas como:

  • trocar os equipamentos que não têm selo de eficiência energética por outros mais econômicos;
  • usar lâmpadas de LED, que são modelos mais eficientes e gastam menos;
  • não deixar computadores em modo stand-by para evitar o desperdício de energia;
  • aproveitar a luz natural para iluminar o escritório;
  • instalar sensores de presença em banheiros e no refeitório;
  • manter portas e janelas fechadas quando o ar-condicionado estiver em funcionamento para evitar que o aparelho trabalhe mais que o necessário.

Além disso, vale a pena planejar o investimento em produção própria de energia a partir da instalação de sistemas fotovoltaicos. Eles produzem eletricidade por meio da captação da luz do sol, gerando economia com a conta de luz.

Internet e telefone

Vivemos em um mundo globalizado e conectado, e cortar os serviços de telefonia e internet não é uma opção para uma organização que queira vender mais e se destacar no mercado.

No entanto, é possível diminuir gastos fazendo uma análise do tipo de ligação mais frequente dentro da sua empresa, seja local, interurbano ou até mesmo internacional. Assim, você pode negociar com a provedora do serviço e fazer um pacote que seja mais barato e atenda às suas necessidades.

Copinhos de água e de café

Água e café são bastante consumidos entres os colaboradores das corporações, portanto, o uso de copos descartáveis de plástico pode acabar sendo excessivo e gerar desperdício e acúmulo de lixo. Esse custo pode ser cortado combinando com os funcionários que cada um terá a própria caneca e a própria garrafa.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Papel e impressões

Assim como no caso dos copos descartáveis, a impressão de documentos e materiais ocupa muito espaço e contribui para o excesso de lixo. Por isso, utilizar o formato digital para organizar as informações é uma forma eficiente de garantir a redução de custos nas empresas.

Além disso, a possibilidade de integrar documentos, notas fiscais e contratos em um só sistema facilita a prestação de contas e evita que os dados sejam perdidos devido a danos nos papéis. Há, também, ferramentas colaborativas online, como Google Drive, que você pode usar para disponibilizar um material para todos os funcionários, evitando várias impressões iguais.

Estoque mal planejado

Uma gestão de estoque eficiente é importante para que os produtos sejam vendidos dentro do esperado. Quando há itens parados no estoque, significa que a empresa não tem controle da quantidade de material que deve ser comprada. Outra situação prejudicial é a falta de algo que está sendo procurado por clientes.

Assim, o cenário ideal para a diminuição de custos é que a entrada e a saída de mercadorias sejam bem organizadas, evitando defasagens. Isso é alcançado por meio de registros detalhados de custo, preço, quantidade e lucro do que é comercializado.

Depois de conhecer melhor os principais geradores de despesas, ficou mais fácil saber como realizar a redução de custos nas empresas. Lembre-se de que organização e mudança de algumas ações no dia a dia empresarial são cruciais para melhorar os resultados como um todo.

Gostou deste post? Então, assine a newsletter e receba mais conteúdos no seu e-mail.

Comments

comments