A sustentabilidade na construção civil é um assunto que vale a pena considerar. Trata-se de um conjunto de estratégias realizadas antes, durante e depois das obras, que visam reduzir os impactos ambientais gerados.

A sustentabilidade é muito importante, uma vez que a construção civil é um setor que traz diversos danos ambientais durante processos. Quer saber mais sobre algumas técnicas de sustentabilidade? Então continue lendo este post!

Vantagens para as obras

Além de sua importância ambiental, a construção sustentável gera diversas vantagens para a obra. Assim que se pensa em otimização nos procedimentos, é possível associar, diretamente, a redução de custos, por exemplo.

Outro ponto memorável é o conforto, tanto para quem trabalha no desenvolvimento quanto para consumidores finais. Quando o bem-estar começa na construção, as chances de o empreendimento ser bem-sucedido são maiores.

Estratégias de sustentabilidade na construção civil

Tendo visto sua importância, é hora de pensar em planos de ação. Não existe um manual específico de como promover ações sustentáveis nas obras, mas podemos oferecer pequenas dicas a serem moldadas de acordo com as particularidades de cada construção. Veja algumas, a seguir.

Uso da tecnologia

Como pensar em meios de otimização sem relacionar a tecnologia? Implementar a sustentabilidade nas construções começa no planejamento. Para isso, existem diversos aplicativos que ajudam na organização e acompanhamento dos projetos. Eles apresentam interfaces e abordagens bem variadas, então basta encontrar um que se adeque com sua obra.

e-book gratuitoPowered by Rock Convert

Eficiência energética

Energia é um ponto-chave para qualquer construção. Buscar o uso de energias limpas, como a solar, é essencial. Elas são fontes renováveis que geram poucos impactos ambientais — quando comparadas com as demais. De fato, isso exige um certo gasto, porém, certamente, é um investimento com retorno rápido. Os gastos com energia passarão a ser menores, e a natureza agradece!

Uso inteligente de água

É possível imaginar que bastante água é gasta durante os procedimentos de uma obra, e economizá-la é crucial. Buscar materiais ecologicamente inteligentes (que precisam de menos água no preparo) e focar em construir um bom sistema hidráulico são bons exemplos de como implantar a economia de água.

Gestão de resíduos

Já vimos o planejamento, o uso de energia e de água, entretanto, falta um ponto essencial: o lixo. A quantidade de resíduos gerados em uma construção resulta em um impacto ambiental imenso. De tal forma, é essencial investir em uma gestão ambiental para isso. Geralmente, trata-se de separar os resíduos de acordo com seus lugares de descarte e assegurar que cheguem ao seu destino. Além disso, deve-se evitar desperdícios de materiais.

Apoio legislativo

Como é um assunto recorrente, vários incentivos fiscais vêm sendo criados para estimular a sustentabilidade na construção civil. O IPTU Verde é um bom exemplo — ele oferece descontos de até 20% de acordo com as práticas sustentáveis aplicadas à construção. Existem, também, diversos projetos de lei para cada região, então vale a pena pesquisar sobre o assunto.

A sustentabilidade na construção civil pode exigir um investimento inicial maior, mas certamente proporciona diversos benefícios, tanto nos custos de construção quanto para o meio ambiente. Além disso, o tema vem tomando seu lugar cada vez mais no país, e isso provoca consumidores mais conscientes que cobram posturas sustentáveis das empresas. Vale a pena investir!

Gostou de saber sobre dicas sustentáveis para construções? Então não deixe de nos seguir nas nossas: Facebook, Instagram e LinkedIn!

Comments

comments